Amar não é só um beijo.
É aguentar cada bocejo,
Ter coragem e partilhar,
Cueca e meia p’ra dobrar.

Amor não é só rebolar
Na cama e no colchão.
É também saber planear
Quem vai varrer o chão.

“Amo-te” escrito à mão
Não é uma declaração.
É a desculpa que me poupa
Para não lavar a louça.

O amor no mesmo espaço
É uma história divertida.
O que tu mandares eu faço,
Sempre que fores atrevida.