Está chuva, está vento,
E que preguiçoso estou.
O meu carro estava sujo,
E agora lavado ficou..

A chuva está de volta
E os meus ténis cheios de pó.
Vou chapinhar nas poças
Como se fosse um tótó.

Abri o meu guarda-chuva,
E o vento partiu a vareta.
Podia comprar um novo,
Mas sou um pouco forreta.